1 de março de 2012

ensaio.

É tão difícil meus olhos mentirem.
Sei que deixando você se apossar do meu texto é sinal que já se apossou da minha vida. E sei mais ainda que se tento obstruir, é sinal que já não posso mais domar. E que assim seja, me fodi.

Sobre paixões estou certa que é tão fácil amar, ser correspondido no final também, difícil é cravar o amor eterno em palavras e buscar mesmo que jovem um refugio para emanar sentimentos. Não é possível sair da maternidade exalando liberdade, o coração entrelaça, tem amor, nem que seja pela sua insaciedade, tem. Isso me instiga tanto que arde os olhos, a fuga, o medo e a puta-nua-crua verdade de que no lugar da boca tenho um megafone.

Sempre fui e sei que vou ser a menina com os olhos mais secos, a mão mais gelada, o nariz mais irritado. Acima de tudo personificada com memórias de vidas alheias para esconder a tristeza que habitua. Não me acanho em ter tudo e nada ao mesmo tempo, de ser altruísta e odiar facetas grotescas. Sou o contrario do oposto, e vou poetizar até a eternidade, vou cantar uma musica diferente a cada palavra proferida, e vou amar dormir até sumirem os asfaltos riscados de giz.

Sobre você, tudo que sei é que no lugar do coração tem uma vídeo-aula pronta de como amar, mas nunca deu play.


Por fim, admito que em quatro minutos e três décimos explodi, mas adoro atrocidades.

3 comentários:

  1. Gostei nat sua cara dhsuihdisahudhi
    Pedro Z.

    ResponderExcluir
  2. Não sei bem o que comentar do seu texto, achei ele bem pessoal, bem íntimo, e só te conhecendo de verdade, poderia opinar por ele e a mensagem atrás das suas palavras.
    Enfim, sobre seu comentário no blog, só não coloquei Spider Man na lista de filmes de super heróis por que quis colocar os filmes 'menos conhecidos' pela galera mesmo,rs. Se fosse colocar meus favoritos mesmo, teria Spider Man e Super Man <3

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Muito profundo o que quer dizer com isso... mas sabe, certas coisas são inevitáveis de acontecer e o que a gente pode fazer é deixar elas acontecerem. O que hoje não tem significado pode vir a se tornar algo muito importante amanhã. Então: Viva naturalmente, apenas acredite na vida e deixe as coincidências de lado!

    Ana

    P.S.: gostei do seu blog ^^

    ResponderExcluir