7 de novembro de 2010

piano.



Lembro-me de quando mamãe me ensinou a tocar piano, com aquela postura e dedos compridos um tanto quanto finos ela me ensinou a primeira nota.
Enquanto tocava ela virava seu rosto lentamente para mim e sem nenhum sorriso,ela me deixava feliz, talvez percebesse de longe o meu talento.
Depois de ter desfrutado toda aquela musica ela se aproximou perto do meu ouvido e com uma delicadeza sobrenatural , para uma operadora de maquinas , me disse:
- Te ensinarei primeiro a nota DÓ , pois na escala musical ela é a primeira e a ultima assim como a vida que começa e termina numa mesma sintonia.
Fiquei parada durante um longo tempo, como se aquelas palavras confusas e talvez sem sentido me fizesse algo que eu nunca fui,mergulhei na minha linha do tempo , um tanto quanto futurosa e com o som daquele piano , viajei na melancolia, vasculhei peças da minha -se é que assim que podemos chamar- vida, na qual eu nunca deveria ter procurado , se isso vai trazer más consequências , eu ainda não sei,mas aquela aula junto de minha mãe , eu nunca irei esquecer , ela mais que lecionou ela me deu um amigo , talvez o único que já tive , e terei.

How To Save a Life (The Fray Piano Tribute)
•42ª edição musical - Bloínquês

4 comentários:

  1. humm.. Perfeito isso né?
    Meu pai ele toca teclado e violão, canta.. Sustentou a familia por muito tempo só com isso..
    e aprendeu na marra!rs

    \vc toca piano ainda?
    Lindo!

    ResponderExcluir
  2. Eu odiava piano, toco desde dos 7..
    hoje em dia sinto falta dele!

    ResponderExcluir
  3. Acabei de chegar de um vestibular de música, toquei piano, não há vício maoir!

    ResponderExcluir
  4. liindoo Nay' perfeeito teeu textoo beest' *--*

    ResponderExcluir